Atendimento via Whatsapp

Toque para acessar

Cursos e Tratamentos de Apometria

Virtude e Aperfeioamento do Carter

Irmãos espíritas, iniciando este tópico tenho por objetivo ressaltar a importância da prática de virtudes para o nosso autoaperfeiçoamento. É certo que a prática da caridade entre as criaturas humanas enobrece a Vida Universal, facultando o equilíbrio individual e coletivo.

No entanto, a caridade é consequência de uma alma virtuosa, esmerada nas mais sublimes virtudes, tais como a paciência, a humildade, a compreensão, a bondade, a alegria, o amor, a sinceridade, a pureza de intenção, a compaixão, o sacrifício, a abnegação da própria personalidade para que a luz interior da alma irradie e se expresse espontaneamente no cotidiano.

Pretender praticar a caridade sem inserir legitimamente no próprio caráter estas e outras virtudes, é nos iludir com atitudes ainda saturadas de egoísmo, orgulho e vaidade, mas com a aparência de caridade. Somente através de uma investigação sincera de nossas próprias intenções, realizando o processo de autoconhecimento, o intento de autoaperfeiçoamento pode ser atingido.

Sendo assim, com respeito lanço as questões abaixo para refletir: Estão os espíritas verdadeiramente empenhados em adquirir virtudes para melhor servir à grande Obra do Cristo na Terra?

Analisando a conduta do espiritista, pela observação de si mesmo, será que o anseio por adquirir mais e mais conhecimentos literários suplantou o anseio de nos transformar em seres virtuosos e, assim, conquistar sublime sabedoria? Fraternalmente...

Autor Desconhecido

Fale Conosco

Compartilhe nas redes sociais