Atendimento via Whatsapp

Toque para acessar

Cursos e Tratamentos de Apometria

Entrevista: escritor Ricardo Di Bernardi fala sobre reencarnação

Reencarnação

Quem reencarna?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Toda alma (conforme diriam alguns) ou espírito que ainda não alcançou a plenitude do conhecimento e do amor necessita reencarnar.

Qual o número de vezes que já reencarnamos? Dizem que são 7, é verdade?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Só se for o sete simbólico que significaria: "sempre", "eterno", "todo" ... 7 notas musicais, sete cores, 7 dias da semana significam todas as notas, todos os dias todas as cores. Todos nós já contamos inúmeras existências e deveremos ter um número incontável pela frente.

Para quê reencarnar, ou seja, qual a finalidade básica da reencarnação?

Dr. Ricardo Di Bernardi - A evolução. A busca do conhecimento e do amor plenos. Em resumo, a busca da felicidade.

É possível diminuir-se o número das reencarnações? Como posso fazer isto?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Depende do esforço próprio, do progresso e evolução alcançados.

Qual a razão ou fundamento filosófico que vocês (reencarnacionista) se baseiam para considerar lógica a hipótese ou teoria da existência da reencarnação?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Justiça divina e amor, dando oportunidade a todas as criaturas.

Há reencarnação apenas na Terra?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Não. Há inúmeros astros habitados no universo onde se pode reencarnar.

Quem disse isso?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Jesus. Há muitas moradas na casa do meu pai. Além disso, todos os espíritos evoluídos nos dizem isto.

Quando reencarna em outro astro?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Bem, vamos dividir em três situações:
a) Espíritos que superam o conhecimento em seu planeta podem renascer em outro astro mais evoluído. É lhes dada esta opção.
b) Espíritos superiores podem também reencarnar em outros astros mais atrasados em missões de auxílio.
c) Espíritos que não acompanham a evolução de um planeta podem reencarnar em astros mais atrasados que se adaptam a sua situação evolutiva.

Em termos de reencarnação, como vocês espíritas veem a posição da Terra no contexto do universo?

Dr. Ricardo Di Bernardi - A Terra é um planeta relativamente atrasado onde reencarnam espíritos que ainda não superaram suas limitações em todos os sentidos. Exceto alguns missionários planetários.

Em resumo, como o Sr. diria quais são os tipos de reencarnações que existem aqui na Terra?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Segundo os espíritos, e não apenas segundo meu pensamento, há reencarnações de provas (que equivalem à verificação de aprendizado), reencarnações de expiação (ressarcimento de dívidas anteriores) e reencarnações de missões (auxílio a terceiros).

Leva-se muito tempo entre uma vida e outra? Ou seja, quanto tempo se leva de intervalo?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Depende da situação específica de cada espírito, do seu merecimento ou evolução e da necessidade dos seus vínculos espirituais e materiais.

Como assim vínculos?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Parentes, amigos, amores etc... são fatores que influenciam.

Quer dizer que o tempo é muito variável?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Sim. Há quem reencarne meses após a morte física. Há quem leve séculos.

Todos os espíritos desejam reencarnar?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Alguns não têm condições de escolha e são conduzidos ao retorno sob orientação dos mentores espirituais

Quer dizer “na marra”?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Com suavidade, mas determinação dos espíritos superiores.

Há um programa básico para cada nova vida?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Sim, as linhas gerais da vida são relativamente determinadas para a melhor lição educativa ao espírito.

Os espíritos podem participar da programação básica da sua reencarnação?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Sim, se tem nível de evolução espiritual para isso.

E se um espírito não tiver a fim de reencarnar, relutar etc. Isto existe? O que acontece?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Existe em alguns casos. O livre-arbítrio se estende também no mundo da dimensão espiritual. Pela ignorância se prejudicam quando assim agem. Retardam o seu crescimento. No entanto, mais cedo ou mais tarde se fará.

Há evidências científicas da reencarnação?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Sim, há. Gostei de como perguntou: “Evidências". Rigorosamente, não seriam provas, embora eu as considere satisfatórias em volume de casos, em nível de seriedade e em qualidade de pesquisa pelas universidades envolvidas.

Você se refere a pesquisas oficiais de universidades? Quais?

Dr. Ricardo Di Bernardi - A Universidade de Virgínia nos Estados Unidos, por exemplo, tem um trabalho com mais de 2000 casos pesquisados pelo neurologista Dr. Ian Stevenson.

Como este pesquisou?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Estudando MEC (memória extra cerebral) - são crianças de tenra idade que se recordam, em detalhes significativos, de vidas anteriores.

Há algum livro publicado?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Sim. Por exemplo: Twenty Cases Sugestive of Reincarnation.

Este autor é espírita?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Não, é um pesquisador, o que dá mais credibilidade.

Há pesquisas em outros centros?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Sem dúvida. Albert De Rochas do Instituto Politécnico de Paris publicou Les vies successives.

E no Brasil?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Excelente contribuição do Dr. Hernani Guimarães Andrade: o livro Reencarnação no Brasil. Pesquisas no IBPP (Instituto Brasileiro de Pesquisas Psicobiofísicas).

Há outras provas, ou melhor, evidências?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Há. Terapia Regressiva a Vidas (Vivências) Passadas documentam vidas anteriores. Há também a Retro cognição Hipnótica onde a pessoa relata as vidas anteriores.

Qual o momento inicial da reencarnação nesta vida. Ou melhor, a reencarnação dá-se quando o bebê nasce ou na gestação?

Dr. Ricardo Di Bernardi - O processo reencarnatório se inicia no momento da concepção ou fecundação. O espírito se fixa ao ovo.

Quer dizer que o aborto seria um mal?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Sem dúvida, o aborto irresponsável ou provocado é um atentado a Lei da Natureza ou Lei de Deus.

Como o espírito reencarnado se expressa pelo novo corpo físico?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Pelos órgãos disponíveis. Conforme ocorre o desenvolvimento dos órgãos, vão se abrindo os canais de expressão para o espírito. Órgãos ou sistema nervoso deficientes são limitações de expressão necessárias como provas ou expiações do espírito.

São castigos por vidas passadas?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Não. São reajustes necessários ao desequilíbrio do corpo espiritual. O corpo espiritual registra, armazena as experiências desastrosas de vidas anteriores e agora influência a genética atraindo essas anormalidades ou deficiências.

Isto parece explicação técnica e não religiosa...

Dr. Ricardo Di Bernardi - De fato, a Doutrina Espírita é uma ciência nova que vem explicar aos homens por meio de provas irrecusáveis a existência do mundo espiritual e suas relações com o mundo corpóreo.

Este corpo espiritual é o mesmo que o apóstolo Paulo falava? Qual o papel desse corpo espiritual na reencarnação?

Dr. Ricardo Di Bernardi – Sim, é o mesmo. O corpo espiritual, fazendo uma analogia, é como um computador que armazenou os registros passados e transmite ou programa as tendências no novo corpo físico. Esse corpo espiritual (períspirito = corpo astral) dá um molde energético o qual será o orientador do material genético disponível. Digamos que dá o estímulo para a formação do corpo adequado às necessidades cármicas e evolutivas do espírito.

Parece lógico. Nós perdemos os conhecimentos das vidas passadas?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Não. Estão nos porões do nosso inconsciente.

O esquecimento das vidas passadas nos é necessário? Por quê?

Dr. Ricardo Di Bernardi - É necessário para facilitar a superação de problemas. Por exemplo: para facilitar a convivência com adversários nossos de vidas anteriores que renascem no mesmo lar.

Então, o passado é apagado?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Não totalmente. Há situações que as lembranças de vidas passadas podem ser trazidas à tona do consciente com finalidade terapêutica. (Terapia Regressiva de Vivências Passadas). No entanto, o esquecimento procura estabelecer o equilíbrio psíquico.

Sob a ótica da reencarnação, qual o seu conceito de família?

Dr. Ricardo Di Bernardi - a verdadeira família é a família espiritual, constituída de espíritos afins que se compreendem e se auxiliam.

Esta visão não exime de responsabilidade junto à família convencional?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Não. A maior responsabilidade é com àqueles que encarnam e convivem sob o mesmo teto e possuem conosco laços consanguíneos. Assim nos orientam os espíritos superiores.

Os espíritos reencarnam sempre com o mesmo sexo?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Não. O espírito em essência não tem sexo. Conforme a necessidade de sua missão, prova ou expiação pode reencarnar como homem ou mulher, sem que isto determine qualquer alteração na manifestação da sexualidade.

Quer dizer que não é por causa da reencarnação em sexo diferente que ocorre a homossexualidade?

Dr. Ricardo Di Bernardi - A homossexualidade decorre de dificuldades mais profundas, onde o espírito já traz questões adaptativas ao sexo ligadas a situações sofridas nesta vida ou em outras anteriores. Não é a simples mudança de sexo que ocasiona esta situação.

O espírito reencarna com uma determinada vocação?

Dr. Ricardo Di Bernardi - As percepções e conhecimentos adquiridos e vivenciados anteriormente nos dão tendências inatas que podem ser chamadas de vocação.

O espírito reencarnado está totalmente fixo ao corpo?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Não. Durante o sono ou em outras situações como meditação, treinamento etc pode projetar-se ou desdobrar-se para fora do corpo biológico.

Isto seria a tal da viagem astral?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Sim. Há viagens pequenas... tours longos, com bom guia turístico ou com um péssimo guia turístico, sem guia turístico etc. Isto é, pode-se sair com proteção ou sem.

Qual o espírito que reencarnou na Terra que foi o mais evoluído?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Provavelmente Jesus. Digo provavelmente por isto não ser um dogma.

O que o senhor acha que foi em vida passada?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Fui ainda menos evoluído, menos tolerante, menos inteligente, menos amoroso. Melhorei um pouquinho. Quero dizer com isso, que todos nós evoluímos a cada existência.

Há referências bíblicas favoráveis a reencarnação?

Dr. Ricardo Di Bernardi - Sim. Inúmeras. Veja em João III versículos de 1 a 20, por exemplo, ou Mateus XVII de 10 a 14. Basta procurar as obras espíritas que há explicações detalhadas.

Fale Conosco

Compartilhe nas redes sociais